segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Seja Fiscal da Floresta Amazônica

Essa iniciativa me parece interessante... o portal Globo Amazônia disponibilizou um aplicativo chamado Amazônia.vc, que permite visualizar em uma só tela os dados de dois sistemas usados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) para monitorar a devastação da floresta Amazônica na área denominada Amazônia Legal (região composta de nove estados Brasileiros pertencentes a bacia Amazônica) - o Monitoramento de Focos de Queimadas (por meio do rastreamento do espectro de radiação eletromagnética da superfície terrestre) e o Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (Deter) que utiliza imagens do sensor Modis instalado no satélite Terra.
A partir desse aplicativo (que também está disponível no orkut) qualquer pessoa que tenha acesso a internet vai poder monitorar o desmatamento na floresta amazônica. Apesar de o protesto não ser um registro formal o ministro do meio ambiente (Carlos Minc) apoiou a idéia.

Em menos de 24 horas milhares de pessoas já instalaram o aplicativo. E você, deseja ser um fiscal da maior floresta tropical do mundo?

4 comentários:

Rodrigo Piva disse...

Muito legal! Vou instalar agora!!
Beijo e boa semana! :-)

Alexandre Brendim disse...

Não custa nada a ninguém e quem sabe ajuda na preservação da Amazônia. Se formos esperar pelo governo, teremos um novo deserto do saara...

A viajante disse...

Eu vou aderir a iniciativa pois já morei lá e quer preservar o que é meu! Mas o Governo tem que fazer a parte dele, colocando mais agentes de fiscalização ambiental para combater o crime de exploração vegetal e as queimadas criminosas. Vamos nos unir e preservar a Amazônia.

Fernando Claro disse...

CaríssiMaria, tudo bem?

Fiz uma vista panorâmica e já deu pra perceber que tenho que voltar mais vezes e me demorar mais, sem pressa.
Fiquei muito satisfeito com esse aplicativo sobre nossa amazônia e vou instalar, hahahahaha, quem lê parece que tenho vasa intimidade com informática. Amiga, na verdade utilizo computador mais para texto e pesquisas em geral.
Bom começar a te conhecer. Eu não sou um revoltado. Sou um indignado militante muito longe de me acomodar rs.
Saudações e sucesso,
O CLARO